Teatro e Música no Ciclo da Primavera - 1 a 5 Junho 2010

Em Montemor-o-Novo:
Dia da Criança comemorado no Ciclo da Primavera

O Ciclo da Primavera entra no último mês da sua 21.ª edição. Esta semana deixamos várias propostas entre o teatro e a música, todas com entradas livres!

GreenKirikiii no Dia da Criança

O Dia da Criança inclui um espectáculo que integra o Ciclo da Primavera. Desta forma, dia 1 de Junho, pelas 16h30, no Parque Urbano da cidade de Montemor, haverá teatro de rua, pela Companhia Los Green Chichón. Esta companhia espanhola apresenta “GreenKirikiii”, um espectáculo para todas as idades, incluído também no Festival Sementes. Este espectáculo inicia quando, das distantes terras de Spittyphlauthinson, chegam Los GreenChichón. Uma família peculiar, única e anómala. Uma protuberância verde adorna as suas cabeças, um sinal de distinção artística: o GreenChichón.

Farsa em S. Bonifácio em S. Geraldo       


Este sábado, dia 5 de Junho, pelas 21h00, no Centro Cultural 1º de Maio, em S. Geraldo, haverá teatro pela Theatron Associação Cultural. Em palco será apresentada a “Farsa em S. Bonifácio”. S. Bonifácio é um local tranquilo, igual a tantos outros, provavelmente até igual….ao seu! Todos se conhecem e vivem em plena harmonia sob o olhar protector do Santo padroeiro, amigo de todas as horas, confidente de todos os segredos. Mas um belo dia, a tranquilidade do lugar é abalada por uma inesperada descoberta, por um desaparecimento e por um temível regresso de alguém que há muito tempo atrás havia deixado algo em S.Bonifácio. Estes acontecimentos originam uma tremenda trapalhada de onde ninguém sabe como sair. Vale a ajuda de um amigo “especial” do Santo Padroeiro para que tudo volte a ser como dantes ou pelo menos…quase tudo!

Coro dos Mudos e Inês Villa Lobos em Lavre
Também no sábado, dia 5 de Junho, a noite vai ser de música em Lavre. Na Praça da República da vila, às 21h00, haverá fados com Inês Villa Lobos. Inês Villa-Lobos dispensa apresentações. Montemorense e farmacêutica, descobriu a beleza do fado, pela influência do irmão! Já esteve no Ciclo da Primavera e no Palco Principal da Feira da Luz, continuando hoje a cantar em casas de fados, a convite de alguns amigos fadistas, em inúmeras festas de solidariedade e onde o destino proporcionar.
Depois, às 22h30, actua o grupo “Coro dos Mudos”. Este ano, o Coro dos Mudos resolveu revisitar alguns temas de autores portugueses conhecidos (Jorge Palma, Luís Represas, Trovante, Xutos e Pontapés, etc...) em formato exclusivamente acústico, podendo, desse modo, proporcionar uma visão diferente de tudo o que até aqui vinha fazendo.

Até ao final de Junho, esta Primavera cultural, tem encontro marcado consigo...para Momentos únicos de Cultura!

Dia Mundial da Criança em Montemor-o-Novo

Dia Mundial da Criança em Montemor-o-Novo
1 de Junho – Parque Urbano

Feira do Livro Infantil e Juvenil: das 10h00 às 20h00
Ateliers e actividades desportivas, etc…das 9h30 às 11h30; das 13h30 às 15h30 e das 15h30 às 19h00

Destaque ainda para o espectáculo “GreenKirikiii”, pela Companhia Los Green Chichón, às 16h30:
Das distantes terras de Spittyphlauthinson chegam Los GreenChichón.
Uma família peculiar, única e anómala. Uma protuberância verde adorna as suas cabeças, um sinal de distinção artística: o GreenChichón.

Autoria: Los GreenChichón; Direcção: Malena
Gutiérrez, Arturelo di Popolo; Interpretação: Josu Montón, Miguel A. Garrido (Miguelo), Alfonso Jiménez . Duração: 60 minutos . P/todos

á se inscreveu na caminhada???.

Jogos do Município 2010

Já se inscreveu na CAMINHADA?

É já este domingo, 30 de Maio, às 9h00, na Ecopista do Montado.

Inscrições até sexta-feira, nos Grupos Desportivos, Juntas de Freguesia e Escolas do Concelho.

Transporte em frente à Câmara Municipal de Montemor-o-Novo às 08h00.


Ciclo da Primavera - 29 de Maio 2010 em Montemor-o-Novo

Em Montemor-o-Novo:
Música e Teatro no Ciclo da Primavera

A 21.ª edição do Ciclo da Primavera prossegue com a sua programação e, como vem sendo característica desde a sua criação, procurando levar a todo o concelho de Montemor-o-Novo, inúmeras iniciativas culturais de grande qualidade e diversidade. Este sábado existem duas propostas no Ciclo da Primavera, ambas com entradas livres!

Teatro Joana nos Foros de Vale de Figueira


Dia 29 de Maio, às 17h00, no Centro Cultural de Foros de Vale de Figueira, haverá Teatro de Rua, classificado para todas idades. O Teatro Joana apresenta “Debaixo da Mesa”, um espectáculo inspirado em personagens e histórias da pintura de Paula Rego. Um Coelho grávido, um galo, um macaco que gosta de tintas e cavaletes, uma Hipopótama apaixonada por um pincel sujo de azul. Um cão que é cão mas que também é gente, e que de vez em quando é só um brinquedo. Ora se é bicho que parece gente, ora se é gente que parece bicho. As suas histórias, partidas, maldades e segredos.


Vento Suão em Cabrela             


Também no sábado, às 21h30, no Largo Dr. Pascoal Coelho, em Cabrela, actua o grupo de música tradicional portuguesa “Vento Suão”. Este grupo, composto em termos de instrumentos pela Guitarra Campaniça, Guitarra braguesa, Baixo Acústico, Banjo, Cavaquinho, Bandolim, Guitarra Acústica, Acordeão, Flautas, Precursões e vozes, recria a música tradicional tal como era tocada e cantada nos tempos dos nossos avós, transmitindo os motivos, as preocupações, angustias, as alegrias e tristezas de gente de antigamente.

Até ao final de Junho, esta Primavera cultural, tem encontro marcado consigo...para Momentos únicos de Cultura!

Contos Com musica # 27 Maio # Biblioteca Municipal

21:30 na Biblioteca Municipal Almeida Faria, em Montemor-o-Novo

CEGARREGA: Projecto de contadores de histórias com um forte componente musical com base em recolhas de contos, lengalengas e cantares da tradição oral portuguesa. As várias cegarregas são espectáculos baseados numa forte oralidade que abordam textos e temáticas do nosso imaginário tradicional.
projecto de Ana Sofia Paiva e Ricardo Costa

mais informações em
www.cegarrega-regacega.blogspot.com

Rastreio do Coração, Montemor-o-Novo

ENCONTRO NACIONAL DE DANÇAS - ALL TOGETHER IN HAPPINESS

Classes de Montemor-o-Novo,
foros de vale figueira,
Ciborro e Landeira
962323210
                                                                             
Dia 2 e 3 de Julho vamos realizar um ENCONTRO NACIONAL DE DANÇASALL TOGETHER IN HAPPYNESS, no Concelho de Montemor-o-Novo, com o objectivo principal de divulgar a dança como ocupação saudável de tempos livres. Pretendemos juntar no mesmo palco várias modalidades de dança: Sevilhanas; Cultura Hip Hop/ B-boying/ Popping/ Locking; Contemporânea; Ballet; Danças de Salão/ Danças de Salão em cadeira de rodas; Sapateado; Rancho Folclórico e Dança do ventre.

Queremos convidar-vos a estarem presentes no dia 3 de Julho, num espectáculo que se iniciará às 21H00. Apenas adiantamos que, não podemos pagar cachet, pelo que apenas podemos garantir transporte e alimentação, assim como um certificado de participação para todos os presentes.

Caso aceitem o nosso convite e nos dêem o prazer da vossa participação, precisamos do seguinte:

1-   Nº de elementos que estarão em palco
2-   Nº de elementos que necessitam de transporte e local da paragem
3-   Nome que deve constar no cartaz e flyer de divulgação
4-   Tempo de duração da actuação e nº de actuações
5-   Cd devidamente identificado com as músicas a apresentar enviado para: Ivan (Nyga) Dancer, Tv. Do Sol Nascente, bloco 8, nº 4, 2º esq. 7050-167 Montemor-o-Novo
6-   Cd devidamente identificado com foto do (s) grupo (s) enviado para: Ivan (Nyga) Dancer, Tv. Do Sol Nascente, bloco 8, nº 4, 2º esq. 7050-167 Montemor-o-Novo

Agradecemos resposta até dia 31 de Maio de 2010, pelo telemóvel 937409354 ou pelo mail: Ivan_dancer@hotmail.com

Vamos mostrar a todos que somos felizes a dançar and let us all be together in happiness!!!


Águas Abertas na Barragem dos Minutos, Montemor o Novo

Em Montemor-o-Novo:
Barragem dos Minutos recebe 3.ª edição de Águas Abertas

A Câmara Municipal de Montemor-o-Novo vai realizar, no próximo dia 6 de Junho (domingo), a partir das 10h00, e integrada no plano de actividades da Escola de Natação do Município, a terceira edição da prova de Águas Abertas na Barragem dos Minutos.

As inscrições poderão ser entregues até dia 28 de Maio de 2010, no Serviço de Desporto da Câmara Municipal de Montemor-o-Novo, na Divisão de Cultura, Desporto e Juventude (DCDJ), dirigidas à Escola de Natação, pelo e-mail desporto_dcdj@cm-montemornovo.pt ou pelos telefones 266 898 100/144.

O concelho de Montemor-o-Novo apresenta, pelas suas características paisagísticas, excelentes condições para a prática desportiva ligada à natureza. Esta terceira prova de Natação em águas abertas na Barragem dos Minutos, visa o desenvolvimento desportivo no concelho e da própria modalidade em si, tal como o desenvolvimento turístico que a própria prova pode trazer futuramente para Montemor-o-Novo.

A prova será dividida em dois percursos – 400 metros e 1300 metros sendo esperados cerca de 200 participantes, dos vários escalões e géneros, não sendo permitida a participação de atletas com menos de 14 anos na prova de 1300 metros. Serão atribuídas t-shirts alusivas à iniciativa a todos os participantes e haverão Medalhas para o 1.º, 2.º e 3.º classificados de cada escalão e sexo. Haverá ainda uma prova de estafetas 4x300 metros, sem atribuição de prémios.

Organizada pela Câmara Municipal de Montemor-o-Novo, a prova conta com o apoio da Associação de Natação do Sul e Bombeiros Voluntários de Montemor-o-Novo.

Horário da prova:
9h00 – recepção dos participantes, confirmação da inscrição, entrega das respectivas toucas no secretariado;
10h00 – Inicio da prova;
12h00 – Fim da prova;
12h30 – entrega dos prémios de participação e afixação dos resultados.

V BTT por Terras de Lavre - Crédito Agrícola


ESTÃO ABERTAS AS INSCRIÇÕES !!!

O prometido é devido e cá estamos nós mais uma vez, para vos  proporcionar mais um "BTT por Terras de Lavre – Crédito Agrícola".  Será a 5ª Edição de um evento que pauta acima de tudo pelas excelentes  vistas que a nossa Freguesia oferece. Já dizia José Saramago no livro  Levantado do chão “O que mais há na terra é paisagem”. Quem já nos  visitou e participou no BTT por Terras de Lavre – Crédito Agrícola  poderá dar o seu testemunho e avaliar o que por cá se tem realizado. E  é essa avaliação que nos tem ajudado a tornar este evento, realizado  ao fim do dia, cada vez melhor. Ao longo destas cinco edições, temos  vindo a aumentar o número de participantes e, para este ano, o  objectivo é chegarmos aos 250, continuando, ou quem sabe ampliar, as  representações dos sete distritos do Centro e Sul do país. Seria com  toda a certeza um número bastante positivo para esta pequena vila do  concelho de Montemor-o-Novo, distrito de Évora. Assim, o Departamento  Desportivo da Casa do Povo de Lavre, dá as seguintes informações para  que todos os interessados estejam presentes:

Dia 26 de Junho, Sábado, pelas 18h.
Data limite das inscrições: 19 de Junho

 N.º limite de participantes: não há

Preço:
Sócios da CPL – 13€;
Não sócios – 16€;
Acompanhantes – 10€;
 Participação sem jantar – 8€

Distâncias: 55 km e 25 km

Contactos: 
cpldesportivo@iol.pt     
TEL / FAX: 265894200   
TELEMÓVEL: 963371179 ou 939051208

Inscrições em: www.casapovolavre.pt

Fonte texto e imagem : www.casapovolavre.pt

Danças Ocultas no Ciclo da Primavera, em Montemor o Novo


Em Montemor-o-Novo:
Danças Ocultas no Ciclo da Primavera

A 21.ª edição do Ciclo da Primavera prossegue com a sua programação e, como vem sendo característica desde a sua criação, procurando levar a todo o concelho de Montemor-o-Novo, inúmeras iniciativas culturais de grande qualidade e diversidade. O próximo fim-de-semana é um bom exemplo disso!

Danças Ocultas no Curvo Semedo
No próximo sábado, 22 de Maio, o grupo Danças Ocultas apresenta o seu último álbum – Tarab - no Cine-Teatro Curvo Semedo, pelas 21h30. Na sequência do álbum “Pulsar” (2004), e da convivência com outros instrumentos e vozes surge Tarab, o novo álbum de originais D´Os Danças Ocultas, um regresso ao ensemble original, com incidência na aptidão expressiva da Concertina e na capacidade emotiva da própria música das Danças Ocultas. “Tarab” é também um novo formato de espectáculo, com elementos multimédia interactivos, de reacção sonora e emocional decorrentes da música. As melodias, harmonias e ritmos de cada uma das concertinas criam formas e imagens numa tela branca no fundo de palco. Estes elementos visuais aceleram, abrandam e entram em suspensão, enfatizando as dinâmicas e os movimentos da música, com referências à ruralidade e ao cosmopolitismo do nosso tempo. Mais informação em www.dancasocultas.com / www.myspace.com/dancasocultas.

Los dos Play junto ao Curvo Semedo
Também este sábado, 22 de Maio, e integrado no Festival Sementes, os Los dos play (de Espanha), actuam às 17h00, frente ao Cine-Teatro Curvo Semedo.
Comeback, pelos Los dos Play, é um espectáculo de circo para todas as idades onde, “quatro ginastas de qualidade excepcional, bom, na realidade são três... apresentam humor, energia e uma técnica impecável. Já se viram saltos incríveis. Já se viram acrobacias impressionantes. Já se viram equilíbrios delirantes. Mas nunca se viram quedas tão profissionais.

Zebra no Escoural
Ainda a 22 de Maio, pelas 21h00, na Sociedade Recreativa. Grupo União Escouralense, no Escoural, apresenta-se a Banda Pop-Rock Zebra. Os Zebra assumem-se como uma banda de covers, recriando alguns dos temas mais famosos e clássicos na história do pop e rock dos anos setenta até hoje.

Ensemble Montemor no Ferro da Agulha                           
Agendado também para as 21h00, deste sábado, 22 de Maio, está um espectáculo da “Ensemble Montemor no Centro Cultural do Ferro da Agulha. Tendo em conta os diferentes grupos já existentes na Escola de Música da Ensemble Montemor - Ensemble de Flautas de Bisel, Jazz e Guitarras – a Associação Montemorense decidiu juntar todos os grupos num único “Ensemble” e fazer um espectáculo, com um repertório bastante diversificado. Este projecto envolve cerca de 25 elementos, (entre professores e alunos da Escola de Música), e apresenta alguns trabalhos desenvolvidos durante as aulas de expressão musical, que farão a ponte de ligação com os momentos de interpretação instrumental de cada grupo.

Projecto Cantéarte nas Silveiras             
Já no domingo, 23 de Maio, às 17h00, o Centro Cultural de Silveiras é o cenário para a apresentação do Projecto Cantéarte Topê. Este é um projecto protagonizado por António Pedro Silva (Topê) que, acompanhado de guitarra acústica, executa tanto temas originais como de outros autores de música popular/tradicional portuguesa.

Até ao final de Junho, esta Primavera cultural, tem encontro marcado consigo...para Momentos únicos de Cultura!

Lançamento do Livro de Fotografia 'Intemporalidades...',

Sábado, 22 de Maio, 15h00
Auditório da Biblioteca Almeida Faria, Montemor-o-Novo
Apresentação pública de
INTEMPORALIDADES...
o novo livro de fotografia
de
MANUEL ROQUE

Ciclo da Primavera - 15 de Maio , en Montemor o Novo

Em Montemor-o-Novo:
Muita música e teatro no Ciclo da Primavera

A 21.ª edição do Ciclo da Primavera, que está a decorrer no concelho de Montemor-o-Novo até Junho, prossegue com a sua programação no próximo fim-de-semana, com todas as iniciativas a ter lugar dia 15 de Maio. Assim, este sábado, pode contar com muita música e teatro em várias localidades do concelho, sempre com entradas livres!

Debaixo da Mesa em Cortiçadas de Lavre

Às 17h00, no Largo José Saramago, haverá Teatro de Rua classificado para todas idades. O Teatro Joana apresenta “Debaixo da Mesa”, um espectáculo inspirado em personagens e histórias da pintura de Paula Rego. Um Coelho grávido, um galo, um macaco que gosta de tintas e cavaletes, uma Hipopótama apaixonada por um pincel sujo de azul. Um cão que é cão mas que também é gente, e que de vez em quando é só um brinquedo. Ora se é bicho que parece gente, ora se é gente que parece bicho. As suas histórias, partidas, maldades e segredos.

Inês Villa lobos no Ciborro

Na Casa de Cultura e Recreio do Ciborro, pelas 21h00, teremos uma Noite de Fados com Inês Villa-Lobos. Inês Villa-Lobos dispensa apresentações. Montemorense e farmacêutica, descobriu a beleza do fado, pela influência do irmão! Já esteve no Ciclo da Primavera e no Palco Principal da Feira da Luz, continuando hoje a cantar em casas de fados, a convite de alguns amigos fadistas, em inúmeras festas de solidariedade e onde o destino proporcionar.

Coro dos Mudos em São Geraldo 



Pelas 21h00, no Centro Cultural 1º de Maio, em S. Geraldo, actua o “Coro dos Mudos”. Este ano, o Coro dos Mudos resolveu revisitar alguns temas de autores portugueses conhecidos (Jorge Palma, Luís Represas, Trovante, Xutos e Pontapés, etc...) em formato exclusivamente acústico, podendo, desse modo, proporcionar uma visão diferente de tudo o que até aqui vinha fazendo.

Homenagem a Ary em São Cristovão             

O palco do Grupo União Sport Sancristovense, em São Cristovão, recebe pelas 21h00, um espectáculo musical de tributo ao poeta José Carlos Ary dos Santos, revisitando as suas três vertentes musicais: os fados, as músicas do Festival da Canção e a canção de intervenção. Autor de centenas de poemas, dos quais mais de seiscentos para canções, Ary dos Santos viu e ouviu as suas palavras serem cantadas por vários intérpretes, como Amália Rodrigues, Simone de Oliveira, José Afonso, Fernando Tordo, Paulo de Carvalho, Carlos do Carmo, entre outros.

Vento Suão em Foros de Vale de Figueira  
           
Às 21h00, no Centro Cultural de Foros de Vale Figueira, apresenta-se o grupo de música tradicional portuguesa “Vento Suão”. Este grupo, composto pelos seguintes instrumentos: Guitarra Campaniça, Guitarra braguesa, Baixo Acústico, Banjo, Cavaquinho, Bandolim, Guitarra Acústica, Acordeão, Flautas, Precursões e vozes, recria a música tradicional tal como era tocada e cantada nos tempos dos nossos avós, transmitindo os motivos, as preocupações, angustias, as alegrias e tristezas de gente de antigamente.

VII Feira do Pão e Doçaria - Um doce fim-de-semana em Montemor



VII Feira do Pão e Doçaria
Um doce fim-de-semana em Montemor

Realizou-se nos dias 7, 8 e 9 de Maio de 2010, a 7ª EDIÇÃO DA FEIRA DO PÃO E DOÇARIA de Montemor-o-Novo. Este ano, o certame contou com a participação de 22 expositores, a maioria de Montemor-o-Novo, mas também de Alcobaça, Borba, Alcáçovas, Alcácer do Sal, Arraiolos, Torres Novas, Vidigueira, Caldas da Rainha e Évora. Apesar do mau tempo no fim-de-semana, o número de visitantes não decresceu, mantendo os números do ano anterior (cerca de 6000).

A Feira do Pão e Doçaria abriu ao público dia 7, às 18h00, com o ateliê “Construção de Fornos Solares”, a cargo da turma do 7º A da Escola Secundária de Montemor-o-Novo, e que nos restantes dias ofereceram chá aos visitantes e colaboraram com a organização a servir o “Chá das 5”. De destacar ainda que estes alunos promoveram, ao longo dos dias da Feira do Pão e Doçaria, a troca de lâmpadas incandescentes por lâmpadas de baixo consumo energético.

Outro ponto de interesse foi a exposição “Chás: da colheita à chávena”, onde o chá e as suas histórias foram “contados” aos visitantes, desde a sua origem, difusão pelo mundo e seus benefícios.

Nesta edição contou-se também com a presença do “Slow Food”, movimento que visa recuperar e preservar as tradições culinárias, alertando as pessoas para a origem e sabor dos alimentos e o impacto que as escolhas alimentares podem ter a nível mundial, se a preservação das suas origens não for devidamente cuidada. Esta associação está ligada a uma rede de 100.000 associados, provenientes de 150 países, reunidos em grupos locais denominados CONVIVIA que, em Portugal, podemos encontrar um em São Miguel de Machede (Évora). Em parceria com o Slow Food, esteve a Confraria da Moenga que mostrou alguns dos objectos relacionados com o Ciclo do Pão.

Este ano, o certame Montemorense abriu portas à participação da Casa João Cidade e da Ciranda – Associação de Artesãos, que organizaram uma mostra de Artesanato e Velharias, sem dúvida, uma mais-valia para o evento.

A animação musical esteve representada no evento pelo grupo de covers “Shakra”, Tuna da Universidade de Évora, Rancho Folclórico de Cortiçadas de Lavre e pelo Grupo das Pedrinhas de Arronches.

Uma última nota de destaque para o Concurso de Doçaria Conventual realizado no sábado. Depois das provas sempre difíceis, embora saborosas, do júri, foi atribuída a seguinte classificação:
1º Prémio – Manjar Celeste - da Confeitaria os Monges
2º Prémio – Fidalgo - de Maria Adelaide Cangarato 
3º Prémio – Bolo de Laranja - de Célia Grilo Pacheco

Ciclo da Primavera no Centro Juvenil , Montemor o Vovo

2º Concerto de projectos de electrónica e barulho livre

A 21.ª edição do Ciclo da Primavera, que está a decorrer no concelho de Montemor-o-Novo até Junho, integra na sua programação o 2º Ciclo de Divulgação PEBL.

O colectivo PEBL (projectos de electrónica e barulho livre) é, na sua essência, uma livre associação de pessoas com interesses culturais (maioritariamente na área musical) alternativos, de dinamização e divulgação cultural. Uma das suas presenças mais activas na cidade de Montemor-o-Novo é a de organizar ciclos de concertos programados com e no Centro Juvenil de Montemor, com o objectivo de divulgar projectos (bandas) do PEBL e contactar novos artistas e públicos.

Em 2010, tem lugar a 2.ª edição do Ciclo de Concertos PEBL, com dois dias de concertos com “Errar é Humano” como cabeça de cartaz. No 3 de Abril tocaram os “Kravo-te Punk” (www.myspace.com/kravotepunk) e agora, dia 15 de Maio, às 21h30, apresenta-se um projecto “extra-PEBL”, denominado “O Poema (A)Corda”.

Errar é Humano 


Os Errar é Humano são Hélder Azinheirinha (Baixo / Bateria), João Mendes de Sousa (Baixo / Bateria / Voz), Luís Salgueiro (Saxofone Alto), Paulo Quedas (Voz) e Ricardo Canoa (Trompete).
Tratam-se de um projecto alternativo e experimental que compreende géneros do Rock ao Jazz. Têm-se apresentado, desde 2008, com diferentes formações nos concertos PEBL, no Centro Juvenil. No passado dia 3 de Abril (no 1º Concerto do 2º Ciclo PEBL) a banda tocou com a participação de João Lopes no Trombone. Desta vez, a 15 de Maio, a formação base é a seguinte: Hélder Azinheirinha (Baixo e Bateria); João Mendes de Sousa (Baixo e Bateria); Luís Salgueiro (Saxofone); Ricardo Canoa (Trompete).
Embora ainda se encontrem um pouco “dentro da caixa”, o projecto visa, neste momento, o contacto com diferentes bandas e grupos de zonas alentejanas e extra-alentejanas. Mais informações em: www.errarehumano.pt.vu

O Poema (A)Corda


Nuno Mangas-Viegas (Voz, Textos), João Mendes de Sousa (Guitarra, Voz, Letras, Programação Electrónica) protagonizam um projecto que nasce de uma sede mútua. Surge como questionamento e como resposta, como desejo e como ânsia de trilhar novos caminhos, de desafiar e testar até onde poderão a poesia e música sulcar a mesma terra. E daqui brota uma simbiose despertadora e provocadora.
Música e Poesia reúnem-se numa só entidade, híbrida: um corpo fluente e dinâmico, alimentado de naufrágios, amamentado pelo quente seio do Sentir.
O Poema (A)Corda, desperta em nossos olhos, a senda medular da dimensão artística: A Palavra e o Som serão a matéria-prima para o construir deste edifício.
Nuno Mangas-Viegas é o autor de grande parte dos poetas e seu declamador, enquanto que João Mendes de Sousa é o autor das músicas que refiguram a poesia, e tem a seu cargo a programação electrónica e segunda voz.

Entrada Livre

Dia da Mãe deu prémios no Comércio Tradicional


Em Montemor-o-Novo:
Dia da Mãe deu prémios no Comércio Tradicional

O Concurso Publicitário denominado “Sorteio do Dia da Mãe”, decorreu de 19 de Abril a 2 de Maio, no Comércio Tradicional de Montemor-o-Novo, numa parceria entre a Câmara Municipal de Montemor e a Associação Comercial do Distrito de Évora.

O “Sorteio do Dia da Mãe”, que se realizou na passada sexta-feira, dia 7 de Maio, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Montemor-o-Novo, ditou os seguintes premiados:
1.º Prémio – Cidália Serra (10 mensalidades de hidroginástica na Piscina Coberta Municipal e inscrição)
2.º Prémio – Diogo Carneiro (1 DVD “Oficina do Canto”)
3.º Prémio – Olinda Martins (1 Puzzle “À Descoberta das 4 Cidades”).

De referir que aderiram a esta iniciativa 33 lojas do concelho de Montemor-o-Novo, tendo os comerciantes revelado bastante satisfação com esta acção.

Alargamento do Horário de Atendimento , Montemor o Novo

INFORMAÇÃO
Alargamento do Horário de Atendimento

O horário de Atendimento dos Serviços Municipais tem tido ao longo das últimas décadas uma estrutura tradicional, entre as 9h00 e as 12h30 e entre as 14h00 e as 17h30.

A Câmara Municipal quer melhorar o Serviço Público. Nesse sentido, e para uma mais fácil utilização dos nossos serviços, a Câmara Municipal efectuou um ensaio, com carácter experimental, de um novo modelo de horário de atendimento, por parte da generalidade dos serviços técnico-administrativos, que garantisse o funcionamento ininterrupto, desde o período de abertura até ao período de encerramento dos Serviços, isto é, entre as 9h00 e as 17h30 de cada dia.

Findo este período experimental, constata-se que o balanço é profundamente positivo, quer do ponto de vista estritamente interno, quer do ponto de vista dos munícipes.

Desta forma, a Câmara Municipal aprovou o alargamento do Horário de Atendimento dos Serviços Municipais.

Os Serviços Municipais que funcionarão de forma ininterrupta das 9h00 às 17h30, são os seguintes:

  • Secretariado
  • Divisão de Planeamento e Desenvolvimento Económico: Gabinete de Informática
  • Divisão de Acção Social, Saúde e Educação: Apoio Administrativo e Refeitórios Escolares
  • Divisão de Cultura, Desporto e Juventude: Apoio Administrativo e Piscina Coberta
  • Divisão de Administração Geral e Financeira: Secção Administrativa e Tesouraria
  • Divisão Jurídica e de Pessoal: Todos os Serviços da Divisão
  • Divisão de Administração Urbanística: Apoio Administrativo do Serviço de Gestão Urbanística, Serviço de Ordenamento do Território.

Para melhor servir a população,
a Câmara Municipal está aberta à hora de almoço.

4000 lâmpadas distribuídas na Feira do Pão e Doçaria

4.000 lâmpadas
distribuídas na Feira do Pão e Doçaria
 
Os alunos da turma do 7.º A da Escola Secundária de Montemor-o-Novo vão promover ao longo dos dias da Feira do Pão e Doçaria de Montemor-o-Novo, que terá lugar no Pavilhão de Exposições, de 7 a 9 de Maio, a troca de lâmpadas incandescentes por lâmpadas de baixo consumo energético.
O projecto, que conta com o apoio da EDP, terá 4.000 lâmpadas disponíveis.

Traga a sua lâmpada velha e leve uma de baixo consumo! Participe! O Planeta agradece!

Entretanto, aproveite e delicie-se com as propostas da Feira do Pão e Doçaria de Montemor-o-Novo, que abriu antes ao público às 18h00 e vai até às 20h00 de domingo, 9 de Maio.

Em Montemor-o-Novo: Vento Suão toca no Ciclo da Primavera

Em Montemor-o-Novo:
Vento Suão toca no Ciclo da Primavera

A 21.ª edição do Ciclo da Primavera, que está a decorrer no concelho de Montemor-o-Novo até Junho, prossegue com a sua programação no próximo fim-de-semana.

Este sábado, 8 de Maio, às 21h00, na Sociedade de Casa Branca, Freguesia do Escoural, actua o grupo de música tradicional portuguesa “Vento Suão”. Este conjunto recria a música tradicional tal como era tocada e cantada nos tempos dos nossos avós, transmitindo os motivos, as preocupações, angústias, as alegrias e tristezas de gente de antigamente.

O “Vento Suão” é composto pelos seguintes elementos: Guilhermina - voz principal; Paulo Parreira acordeão, braguesa, voz; Rui Gonçalves - percussão, flautas; António Valente – percussão; Francisco Barbeiro – cavaquinho; Manuel Escada – baixo; João Paulo - guitarra, voz; José Oliveira - bandolim, voz; Paulo Silva – acordeão; António Candeias - campaniça, voz.

A designação “Vento Suão” nasceu do consenso de todo o grupo e tem origem na extensão do “siroco” proveniente do Norte de África, que nos visita sistematicamente nos meses mais quentes de Verão como que a testar as nossas capacidades. É um vento forte, quente, sufocante, provocando as nossas gentes desde sempre e ao qual resistimos e adaptamos.

Com um programa cultural que se prolonga até ao final de Junho, esta Primavera cultural, tem encontro marcado consigo...para Momentos únicos de Cultura!