VII Feira do Pão e Doçaria - Um doce fim-de-semana em Montemor



VII Feira do Pão e Doçaria
Um doce fim-de-semana em Montemor

Realizou-se nos dias 7, 8 e 9 de Maio de 2010, a 7ª EDIÇÃO DA FEIRA DO PÃO E DOÇARIA de Montemor-o-Novo. Este ano, o certame contou com a participação de 22 expositores, a maioria de Montemor-o-Novo, mas também de Alcobaça, Borba, Alcáçovas, Alcácer do Sal, Arraiolos, Torres Novas, Vidigueira, Caldas da Rainha e Évora. Apesar do mau tempo no fim-de-semana, o número de visitantes não decresceu, mantendo os números do ano anterior (cerca de 6000).

A Feira do Pão e Doçaria abriu ao público dia 7, às 18h00, com o ateliê “Construção de Fornos Solares”, a cargo da turma do 7º A da Escola Secundária de Montemor-o-Novo, e que nos restantes dias ofereceram chá aos visitantes e colaboraram com a organização a servir o “Chá das 5”. De destacar ainda que estes alunos promoveram, ao longo dos dias da Feira do Pão e Doçaria, a troca de lâmpadas incandescentes por lâmpadas de baixo consumo energético.

Outro ponto de interesse foi a exposição “Chás: da colheita à chávena”, onde o chá e as suas histórias foram “contados” aos visitantes, desde a sua origem, difusão pelo mundo e seus benefícios.

Nesta edição contou-se também com a presença do “Slow Food”, movimento que visa recuperar e preservar as tradições culinárias, alertando as pessoas para a origem e sabor dos alimentos e o impacto que as escolhas alimentares podem ter a nível mundial, se a preservação das suas origens não for devidamente cuidada. Esta associação está ligada a uma rede de 100.000 associados, provenientes de 150 países, reunidos em grupos locais denominados CONVIVIA que, em Portugal, podemos encontrar um em São Miguel de Machede (Évora). Em parceria com o Slow Food, esteve a Confraria da Moenga que mostrou alguns dos objectos relacionados com o Ciclo do Pão.

Este ano, o certame Montemorense abriu portas à participação da Casa João Cidade e da Ciranda – Associação de Artesãos, que organizaram uma mostra de Artesanato e Velharias, sem dúvida, uma mais-valia para o evento.

A animação musical esteve representada no evento pelo grupo de covers “Shakra”, Tuna da Universidade de Évora, Rancho Folclórico de Cortiçadas de Lavre e pelo Grupo das Pedrinhas de Arronches.

Uma última nota de destaque para o Concurso de Doçaria Conventual realizado no sábado. Depois das provas sempre difíceis, embora saborosas, do júri, foi atribuída a seguinte classificação:
1º Prémio – Manjar Celeste - da Confeitaria os Monges
2º Prémio – Fidalgo - de Maria Adelaide Cangarato 
3º Prémio – Bolo de Laranja - de Célia Grilo Pacheco

Sem comentários: