Feira da Luz - Nota de Imprensa - Palco Principal - 2010

NEWSLETTER N.º1
Espectáculos Musicais para todos os Gostos!!!
O primeiro dia de Setembro abre portas para um dos maiores e mais importantes eventos do Alentejo. Trata-se da Feira da Luz/Expomor que, durante 6 dias, vai encher Montemor-o-Novo de muita animação.
Com um programa vasto e diverso, onde não faltam exposições, desporto, artesanato, mostra de gado, feira tradicional e feira do livro, a Feira da Luz/Expomor tem nos seus espectáculos musicais a sua imagem de marca. Sempre com entradas gratuitas, de 1 a 6 de Setembro, as noites têm nos dois palcos do certame, propostas musicais imperdíveis. Nesta newsletter damos a conhecer a programação no palco principal, sempre às 21h30…

No Palco Principal…
Na primeira noite, dia 1 de Setembro, após a abertura oficial da Feira, marcada para as 21h00, junto ao Pavilhão de Exposições, temos no Palco Principal os Santos & Pecadores, que estão de volta com um álbum novo, há muito aguardado! Este grupo é um dos nomes maiores da cena pop nacional. Durante mais de uma década, a banda acumulou sucessos e vendeu milhares de discos. Centrando-se na figura carismática de Olavo Bilac, os Santos & Pecadores são autores de duas das mais emblemáticas baladas da pop portuguesa, "Fala-me de Amor" e "Não Voltarei A Ser Fiel". Em Montemor, Olavo Bilac (voz), Pascoal Simões (teclas), Ruy Martins (metais), Pedro Cunha (bateria), Artur Santos (baixo) e Pedro Almeida (guitarra), para além de recordarem alguns dos grandes êxitos dos Santos & Pecadores, apresentam "Energia", o sexto álbum de estúdio. "Tela", uma das novas canções, foi escolhida pelo director Fernando Fragata para se tornar o tema principal da banda sonora do seu próximo filme, "Contraluz" e "Leva-me Dançar", o primeiro single de “Energia”, já está em alta rotação nas rádios de todo o país!

Na quinta-feira, dia 2 de Setembro, é a vez de vibrar com os Blasted Mechanism e a sua 6ª geração. A banda apresenta na Feira da Luz “Mind at Large”, o primeiro álbum que a banda edita sem a presença de Karkov, o vocalista que, em 2008, foi substituído no grupo por Guitshu. 'Start to Move' é o tema que serviu de single de apresentação ao disco e que conta com a participação do Professor Agostinho da Silva, um dos maiores pensadores portugueses. Este disco, que é o sexto da carreira dos Blasted, vai trazer uma nova imagem da banda e onde apresentam “uma tecnologia inovadora que permitirá desfrutar de uma experiência única: o acesso a uma nova dimensão de realidade aumentada, proporcionando uma viagem aos antípodas da mente”. 


Na sexta-feira, dia 3, a noite é de fado, trazido pela voz doce de Carminho. Filha da fadista Teresa Siqueira e de Nuno Rebelo de Andrade, Carminho diz que o fado esteve sempre consigo. Estreou-se a cantar em público, aos doze anos, no Coliseu.
Após concluir o curso de Marketing e Publicidade, e ainda durante a faculdade, percebeu que o seu futuro e o seu presente - é cantar fado. Com 25 anos, a jovem fadista editou o seu primeiro álbum, intitulado “Fado”. Segundo Carminho “este disco sou eu. O meu passado (fados que sempre cantei), o meu presente (a evolução que o meu fado tem sofrido ao longo dos anos) e o meu futuro (em que irei, ainda mais, deixar-me guiar pela minha sensibilidade)”. 


No sábado, dia 4, o Palco Principal do certame vai-se engalanar para receber o Rancho Folclórico e Etnográfico Montemorense, numa Noite de Folclore que visa comemorar o 25.º Aniversário do Rancho e onde irão actuar, para além do rancho Montemorense, o Rancho Folclórico de Ribeira de Fráguas (Albergaria-a-Velha), o Grupo Cultural e Recreativo de Danças e Cantares de Ponte Lima e o Rancho Folclórico Regional dos Foros de Salvaterra. Foi em 1985 que surgiu o Rancho Folclórico e Etnográfico Montemorense que iniciou então, um trabalho de recolha de trajes, modas, usos e costumes do povo que lhe permite representar o Alentejo e mais propriamente o Concelho com autenticidade. O grupo dedica especial atenção às profissões já extintas ou em vias de extinção, como são exemplo: A Mondadeira, Os Ceifeiros, A Manteeira, O Pastor, O Carreiro, A Águadeira, A Lavadeira. 





Domingo, dia 5, o destaque vai para os Deolinda que nos presenteia com o seu último álbum “dois selos e um carimbo”, sem esquecer o seu primeiro trabalho “canção ao lado”.
Há uma longa série de clichés associados ao fado, porém os Deolinda não respeitam nenhum desses princípios, por exemplo, não usam guitarra portuguesa nem vestem de preto. Para os Deolinda, o fado pode ser dançado e Ana Bacalhau, a voz do grupo, veste roupas garridas, alegres, coloridas. Mas os Deolinda são... fado, apesar disso tudo, e são muito mais que fado, pois a sua música vai à música popular portuguesa - um universo que aqui abarca José Afonso e António Variações, Sérgio Godinho, Madredeus e os «muito mais que fadistas» Amália Rodrigues e Alfredo Marceneiro - e vai ainda à rembetika grega, à música ranchera mexicana, ao samba, à música havaiana, ao jazz e à pop, numa confluência original e rara de músicas-irmãs ou primas umas das outras e que, nos Deolinda, fazem todo o sentido.






No último dia de Feira da Luz, segunda-feira, dia 6 de Setembro, as honras de encerramento vão para os “Baile Popular”, projecto liderado por João Gil. Este é um projecto que junta “João Gil, alguns elementos dos Adiafa, dois homens essencialmente do jazz e ainda Paulo Ribeiro, cantor e ex-vocalista dos Anonimato”. O álbum de estreia do grupo surgiu em Maio deste ano e tem letras de João Monge e músicas de João Gil. O Baile Popular é formado pelas vozes de Paulo Ribeiro, Zé Emídio, Luís Espinho, João Paulo, pela guitarra acústica de João Gil, pela guitarra eléctrica de Mário Delgado, pela bateria de Alexandre Frazão e pelo contrabaixo e baixo eléctrico de Miguel Amado. A paisagem do sul cruza-se neste Baile Popular com universos que vão desde o Nordeste Brasileiro, até à roullote estacionada algures no deserto Americano numa qualquer história de motel. Peguem na mão de quem amam e venham até para lá do horizonte e até que o Sol nasça, dancemos e cantemos este Baile Popular.” 


Feira da Luz / Expomor 2010
Venha ao encontro de Montemor-o-Novo
Entrada Livre

1 comentário:

Rancho Folclórico da Ribeira de Fráguas disse...

Sábado aí estaremos para comemorar os 25 anos do Rancho Montemorense, um abraço da Ribeira de Fráguas, (Albergaria)