Feira da Luz 2011: As bandas que actuam no Palco Principal

Espectáculos Musicais Para todos os Gostos!!!

O último dia de Agosto abre portas para um dos maiores e mais importantes eventos do Alentejo. Trata-se da Feira da Luz/Expomor que, durante 6 dias, vai encher Montemor-o-Novo de muita animação. Com um programa vasto e diverso, onde não faltam exposições, desporto, artesanato, mostra de gado, feira tradicional e feira do livro, a Feira da Luz/Expomor tem nos seus espectáculos musicais a sua imagem de marca.
Sempre com entradas gratuitas, de 31 de Agosto a 5 de Setembro, as noites têm nos dois palcos do certame, propostas musicais imperdíveis. Nesta nota de imprensa damos a conhecer a programação no palco principal, sempre às 21h30…

O'queStrada na abertura

Dia 31 de Agosto, quarta-feira, após a abertura oficial da Feira da Luz/Expomor 2011 (agendada para as 21h00), no Palco Principal do certame montemorense, actuam os O'queStrada. Os O'queStrada são uma banda de som popular, delirante e atlético, formada em Almada em 2002. Pioneiro numa reinvenção do popular, o projecto O'queStrada conquistou caminho por si mesmo, o seu trabalho tem sido programado de norte a sul de Portugal, em países próximos ou longínquos, festivais, muitos bailes de verão e também em alguns casamentos...Desde 2002 a celebrar um país real e poderoso, com a sua discoteca caseira e acústica de e para fazer dançar o mundo. Em 2009 lançaram o seu primeiro álbum: Tasca Beat que obteve um grande sucesso no top de vendas nacional. Os O´queStrada são João Lima (guitarra portuguesa), Pablo (contra-bacia), Zeto Feijão (guitarra e voz), Donatello Brida (acordeão) e Miranda (voz).

Expensive Soul é um som “mágico”
Na quinta-feira, dia 1 de Setembro, no Palco Principal actuam os Expensive Soul, prova viva de que a música nacional é boa e recomenda-se! Diferentes desde o 1º dia. Essa tem sido uma das características dos Expensive Soul não só na música que criam mas também na atitude que dedicam ao que fazem.
Em palco New Max e Demo, em conjunto com a Jaguar Band, com três álbuns no currículo (B.I. 2004, Alma Cara 2006, Utopia 2010), colocam toda a gente com os braços no ar! Na Feira da Luz, com o novo álbum em rodagem, vamos poder escutar temas como "O Amor É Mágico", "Tem Calma Contigo" e "Deixei de Ser Bandido", mas também canções dos outros álbuns

Silêncio que vai cantar… Duarte!
A noite de sexta é, tradicionalmente, dedicada ao fado. Em 2011 o fadista  convidado é Duarte e, certamente, tudo augura uma noite de emoções profundas trazidas por quem canta o fado com mestria e alma. Jovem fadista e psicólogo, Duarte nasceu em Évora a 20 de Novembro de 1980 e viveu a sua
infância e adolescência na Vila de Arraiolos. É uma das mais promissoras vozes da nova geração de fadistas. Com apenas sete anos, Duarte iniciou a sua aprendizagem musical (piano e guitarra clássica) e começou a cantar fado, mas durante a adolescência optou por explorar outros estilos musicais, passando por vários projectos musicais da linha pop/rock. A redescoberta do fado aconteceu em 1997. Apesar de ainda jovem, Duarte conta já com uma longa carreira, com actuações em teatros, casinos, casas de fado e outras salas de espectáculos. Participou também em actuações no estrangeiro, passando por Espanha, Holanda, Grécia e Guiné-Bissau. Em 2004 editou o seu primeiro CD, “Fados Meus”. Atenta às qualidades interpretativas deste jovem fadista, a Fundação Amália Rodrigues atribui-lhe, em Novembro de 2006, o prémio “Fadista Revelação Masculina”. E, em Abril de 2007, é a Câmara Municipal da cidade de Arraiolos que lhe entrega a Medalha de Mérito Municipal Secção Cultural. Em Novembro de 2009, Duarte lançou o
seu segundo disco “Aquelas Coisas da Gente”, onde pretendeu aliar o fado tradicional a novas sonoridades.

Sábado é noite de Folclore!
No sábado, 3 de Setembro, teremos Noite de Folclore com o Rancho Folclórico de Cortiçadas de Lavre, que convidou para participarem no evento, devido à proximidade e qualidade, o Grupo de Danças e Cantares dos Pioneiros de Vendas Novas e o Rancho Folclórico "Os Camponeses de Santana do Mato" (Coruche). Obviamente damos destaque ao Rancho Folclórico de Cortiçadas de Lavre. Fundado em 1983, o Rancho Folclórico de Cortiçadas de Lavre possui características folclóricas alentejanas mas, devido à sua localização geográfica, as suas danças, cantares e trajes, assemelham-se bastante com a cultura Ribatejana. Os trajes apresentados são resultado de uma longa pesquisa, reportando-se ao final do século XIX até à década de 30 do século XX, mostrando assim trajes típicos de campo e de festa de todas as classes
sociais. Ao longo dos anos, este grupo folclórico tem percorrido de Norte a Sul as mais diversas zonas de Portugal, tendo representado fielmente os usos e costumes dos seus antepassados, brindando com sucesso as actuações, e assim divulgando a cultura e a região de Cortiçadas de Lavre.

David Fonseca apresenta a “Between Waves Tour”
A 4 de Setembro, domingo, na penúltima noite da Feira da Luz/Expomor 2011, é a vez de David Fonseca trazer a “Between Waves Tour” a Montemoro-Novo. Depois do êxito estrondoso do platinado “Dreams in Colour”, David Fonseca apresenta-nos “Between Waves”, o seu 4.º disco a solo. É inegável considerar que as prestações ao vivo estão entre as experiências mais excitantes que os palcos portugueses poderão receber. Na Feira da Luz terá a oportunidade de escutar as canções mais emblemáticas da carreira de David Fonseca a solo, das mais recentes - "A Cry 4 Love" ou "U Know Who I Am" - às mais antigas, como "The 80's" ou "Someone That Cannot Love".

UHF encerram Feira da Luz
Na segunda-feira, 5 de Setembro, teremos os UHF no Palco Principal. Os UHF surgiram em 1978, sendo um dos principais responsáveis pelo 'boom' do chamado rock português, surgido no início dos anos 80. A galope dos Cavalos de Corrida, com 33 anos de existência, 15 álbuns editados, o grupo de António Manuel Ribeiro, vive o fulgor de um novo disco de originais intitulado “Porquê?”. Trata-se de uma excelente oportunidade para recordar ou (re) descobrir os UHF.

3 comentários:

bety disse...

Dommage que je n'étais pas là ( au Portugal ) pour revoir les UHF en "Live" , toute la scène été de qualité , des "jeuneaux" O'queStrada au Culturisme groupe de rock , en vidéo quelque semaine auparavant , dans les contrée du Nord du pays .

http://www.dailymotion.com/video/xkx9fw_uhf-na-festa-da-sta-helena-de-lage-em-vila-verde-montage-d-extrait-du-concert-du-20-08-2011_music

bety disse...

Repris du site officiel du groupe

"Na Feira da Luz de Montemor-o-Novo


07/09/2011

Dois dias depois, os UHF encerraram a dinâmica Feira da Luz de Montemor-o-Novo, uma plateia cheia, culminando também o final da digressão de 2011 – “Porquê, em Portugal”. Segundo a organização, a noite dos UHF foi a mais concorrida.
Trinta e um espectáculos depois do dia 25/03 no Redondo, os UHF cumpriram uma das mais vibrantes digressões dos últimos anos. A Nação dos UHF cresceu, os fãs percorrem muitos quilómetros para estarem presentes, as t-shirts, os cachecóis e os cartazes povoaram os recintos. E o canto uníssono dos hinos que os UHF continuam a escrever ecoou nas noites portuguesas.
Este “Porquê?” é, como se disse, um disco para ser todo tocado ao vivo."

Hugo disse...

Ola Bety

comment vas tu ?


merci pour les info transmies !!!

bon weekenb et très bonne rentrée

++